segunda-feira, 21 de abril de 2008

Mar...


Areia, água, sal, maresia...
Vento soprando poesia...
Ondas fazendo melodia!
Céu e mar, azul escuro infinito...
Estrelas e lua, puro brilho!
Perco-me mar adentro...
Nem sinto passar o tempo!
Fugir de tudo e me restaurar...
Fechar os olhos e parecer voar!
“Ar, só com você, mar...
Com você qualquer fundura dá!”*
.
.
.
By Carola Guimarães

* Os 2 últimos versos dessa poesia são versos da música "Meu" do Djvan, o restante, é de minha autoria mesmo! ^^

2 comentários:

Graziela disse...

Nao vei.. gostei de todas as poesias até agora.. porém, essa, sei la.. mto mto show.. sem noção, especialmente pq fala de uma das coisas que mais curto na vida.. O MAR
bem..vc ta de parabens mesmo carola.. cada dia vc me surpreende mais!
:D
bjoooo

Marcus Vinicius disse...

poxa vc mi faz refletir!
hehe
muito bom primaa
te amo
xerooo