segunda-feira, 28 de setembro de 2009

João Menino

Coisa que esse menino tem de pensar bobagem,
De trocar o seu presente pela sua embalagem,
De estar aqui e ao mesmo tempo em viagem.

Esse olhar perdido em travessa
Em um mundo sem cena faz peça
Pra onde vai? Quem tem pressa?
Não... Por nada se estressa!

Girando no ar pela poeira,
Cá poeira, lá sem besteira...
Coisa de João ainda menino
Tentando chegar no destino.

Olha em volta,
Linhas tortas.
A direção?
Coração.
Coisas de Menino João.

Carola Guimarães

* Feliz Aniversário, Johnny Quest! (:

2 comentários:

João Arruda disse...

Não sei como você conseguiu me descrever assim...
Foi maravilhoso e eu fiquei muito feliz ! Muito Obrigado Carola

Tenho um carinho enorme por você e quero ser seu amigo por muito muito tempo !
Beijo

i ILÓGICO disse...

cara,que lindo!
olhar em travessa....hummm..quanas possibilidades poéticas no pensamento....


adorei!

beijo-te