quarta-feira, 20 de agosto de 2008


O infinito talvez não seja tão longe assim.
Um dia... Talvez... Já esteja bem por aqui.
Por mais que corra, é impossível fugir de si.

Carola Guimarães

4 comentários:

Leleco disse...

e fugir? porque fugir?

correr? pra que correr?

não há recordes para vida, nem para o amor...

o jeito é cultivar sonhos, pular as barreiras pq o infinito pode até ser distante, mas pode ser alcançado bem rapidinho...

Dá-lhe Michael Phelps! Dá-lhe Carola!

beijos!

Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos disse...

Linda, concordo com vc!!
O infinito estah dentro de nós! e ao mesmo tempo, fora... Tão perto e tão longe! Maravilhoso neh? Bjss

Ass.: Tonhão